Cartas Hoje - 1 ano




Já faz um ano do projeto "Cartas Hoje".

Quanta gente legal eu conheci!

Quantas correspondências mexeram comigo, me fizeram chorar, me fizeram repensar minhas ideias, talvez me ajudaram a ser uma pessoa melhor.

Quantas vezes eu sorri de alegria ao encontrar as cartinhas na caixa postal.

Quantas vezes incluí em meu planejamento cotidiano aquele tempo para responder cada cartinha, pensando na pessoa que a receberia... e como isso me fez bem!

Quanto afeto eu tenho pelos correspondentes que talvez eu nem saiba como são aparentemente, mas sou encantada por eles.

Gratidão!

Ana Vi

Saudade delicada

Saudade delicada.
Chamo-a de delicada porque necessita estar guardada numa caixa.
Essa caixa tem que estar forrada com algo macio - algodão, plumas, uma toalhinha de crochê ou folhas de papel de seda. E sobre esse pequeno solo macio acomodamos nossa saudade delicada.



Um parágrafo de uma carta recebida.
Quando o tema da troca de cartas foi saudade, recebi esse presente. Um escrito sobre saudade que resinifica a dor.

Os direitos desse imenso escrito são todos da Ana Paula.

Perseverança



Eu guardei essa imagem para usá-la no dia que eu passasse no exame de rua da auto escola.

Eis-me aqui hoje, 25 de outubro de 2016.

Nada fácil conseguir tirar uma carteira de habilitação em Juiz de Fora.

Mas... inspiro-me em mulheres perseverantes e guerreiras, como a Cris Guerra.

Paz! 

Pra ficar bonita tem que sofrer!

E você concorda com a frase que dá título para esta postagem?

Meu Deus...

Quantas vezes escutei essa frase nos "salões de beleza". E sempre saía aquele sorriso amarelo de quem concordava com a frase imposta por alguém e aceita por tantas de nós.

Claro que, se eu quiser que meu cabelo seja liso (o que ele não é de natureza) eu vou sofre dores e meu cabelo também sofrerá.

E lembro bem das vezes que eu ficava sentada na cadeira giratória dos salões de beleza. 
O vapor quente do secador de cabelos, a escova redonda de vários tamanhos que, algumas vezes se enrolava toda no meu cabelo. 
A força que a profissional fazia puxando os fios e eu me segurando na cadeira, firmando a cabeça.
E quando era para secar e puxar essa parte bem perto da orelha? E o medo que dava de queimar? E as vezes que já queimou?
Alguns salões tem um tampão para orelhas que não adianta nada. Se você segurar o tampão com a sua mão, você protege a orelha e queima os dedos.
Depois de tudo isso, a piastra. Pois o secador e as escovas redondas não alisam os cabelos crespos com tanta facilidade. 
E o medo que eu tinha daquela prancha esbarrar no meu couro cabeludo?
E as vezes que já esbarrou?

"-Pronto! Está linda agora."

Sempre dizem essas profissionais.

Uma menina com o cabelo anelado, crespo, sai do salão balançando os "seus" lisos cabelos. 
Corre de cada gota de água.
Tenta não suar para que a escova dure mais tempo.
Coloca sacola plástica na cabeça na hora de tomar banho.

Quando não é o processo de alisar temporariamente os fios é o processo de alisar definitivamente, ou relaxar, ou usar o super relaxante. Doloroso também. Algumas mulheres crespas têm seu couro cabeludo queimado, machucado, ferido, por causa de uma química que promete deixar os fios mais macios e controlados.


Me responda por favor: Quem disse que o cabelo é duro? Quem precisa ser controlado? 


E assim foi minha vida em busca da beleza que é anunciada.
Aquela beleza que você precisa de sofrer para adquiri-la. 

Ainda bem que o tempo passa. E com ele observamos nossa evolução, nossa transformação, nossa transição. 
Vê lá se uma mulher, com qualquer tipo de cabelo, precisa depender de uma ideia assim para pensar que possui beleza.


Terminei a transição capilar. Fiz o Big Chop.
Mas estou em transição com minhas ideias, com minha presença nos ambientes em que atuo. Em transição com o pensamento que as pessoas têm de mim. 

É bom ser "essa metamorfose ambulante".

É bom desejar ser livre e ser, pelo menos no que diz respeito ao cuidado com os cabelos e comigo mesma. 

É bom, é gostoso demais conhecer seu cabelo, vê-lo nascer, senti-lo crescer naturalmente.

É bom lavar, passar um creme e esperar secar.

É bom inventar penteados com grampos e panos.

É bom não depender da mídia e das fotos das capas de revista para sentir-se bela.

Gostaria de citar a fonte desta bela foto. Mas não tenho.


Que fique registrado o meu respeito a todos que escolhem esticar, relaxar, alisar, enrolar.
Todos nós podemos fazer escolhas. É preciso que entendamos isso. Todos nós podemos escolher o que quisermos. Inclusive ser natural.


Paz pra nós!


AnaVi. 



Escola para maridos

Esse é o nome de um programa que estreia hoje pelo canal a cabo Fox Life.

Imagina isso... Escola para maridos.

Este post não pretende ser um julgamento ou crítica à um programa que nem foi ao ar ainda.

Mas, uma reflexão de uma mente borbulhante.

Sempre que tenho oportunidade eu exalto José Vicente da Silva, meu pai. José é um exemplo de esposo e pai. Claro que temos muitos homens que também são exemplos e eu tive a graça de nascer no berço de um deles.

Ao contrário desses homens que são exemplos para a formação de uma família, exemplos na educação de seus filhos, exemplos na fidelidade e atenção ao que um lar necessita, encontramos outros perfis. Perfis machistas, autoritários, violentos.

Nos diálogos com amigas solteiras e casadas, por vezes, pensamos sobre o comportamento de alguns homens que convivem conosco enquanto namorados e/ou amigos. E também no comportamento de tantos homens famosos ou que ficam conhecidos por uma atitude, seja ela qual for.

E uma coisa que eu penso é que talvez alguns homens não estão preparados para lidar com a autonomia e independência das mulheres.

Não estou dizendo que não concordo com a ação e postura do homem (no caso de  hétero sexuais) que assuma seu papel dentro do relacionamento. Na verdade é isso que eu penso que deve acontecer. Mas não com uma mentalidade de se auto denominar superior, mais inteligente, com mais direitos. Não aqueles que pensam que a mulher tem que ser do jeito que ele quiser, usar as roupas que ele deixar, dizer as cores de esmaltes e batons que podem ou não podem. Isso não, meus caros.

Você pode não concordar com isso que escrevi e até apresentar outros caminhos para meus pensamentos.

Mas fico aqui pensando nesse programa... Escola para maridos que estreia hoje aqui no Brasil, mas já faz muito sucesso em outros países.

O que motiva esse tema?








Rastro de Deus nas coisas

A poesia é o rastro de Deus nas coisas

(O despautério / Adélia Prado)

Tem dias que sou mais poética e sensível.
Em outros sou dura e fria.
Mas gosto de perceber a poesia, de sentir as letras, as palavras, os versos, fazendo barulho dentro de mim. 
Gosto das metáforas que descrevem o que sinto. 


Encontro.




Fim de semana especial para mim e para este blog.

Quando começamos a blogar criamos uma certa afinidade com algumas pessoas que estão sempre presente nos comentários, nos emails, no facebook, no instagram...

Criamos um elo com pessoas que moram tão longe de nós, mas que são lembradas por suas histórias e seus escritos.

Eu amo interações, conhecer pessoas diferentes, conhecer pensamentos e histórias diferentes dos que vivo.

Em 2013 eu conheci a Carol, do blog Um blog Simples, na Flip em Paraty.

Em 2016 planejei em meio a uma correria encontrar com quem fosse na Bienal do Livro, em São Paulo.

Foi bate volta, mas foi muito gostoso, muito gratificante.

Encontrei-me com Ana Paula, do blog Lado de fora do coração, com a Tina do blog Meu Blog e eu, e com a Diomara, nossa amiga das cartas que foi de Juiz de Fora comigo para São Paulo.






Ana Paula avistou-me de longe no lugar marcado para o encontro. O acenar de mãos e o sorriso foi a coisa mais acolhedora.
Gente... como é bom receber o abraço de quem a gente conversa há muito tempo, mas há muito tempo não vê, ou melhor, abraçar quem nunca vimos.

Tina é das minhas. Quer foto de tudo que vê.
E gosta de fotografar os pés!
Que coisa boa é essa gente!



Andamos pela Av. Paulista... que pra mim é um mundo de atrações. Exposições de fotos, poesias no chão, poesias na parede! Quero voltar lá em Sampa pra viver mais nesse lugar.

Também na Av. Paulista, nosso ponto de encontro foi a Casa das Rosas.

Depois fomos para a Bienal do Livro de SP. 





Sim... sou apaixonada pelo Pequeno Príncipe.
E ele estava lá... rsrsrsrs






A Bienal é o lugar de onde a gente não quer sair.
Livros, personagens, poesia solta, sarau, comida gostosa e massagens...




Só digo que... voltei pra Juiz de Fora com aquela vontade de Quero mais de São Paulo!





Agosto



No mês de agosto 
Há quem viva de superstição
Mas eu não.


Último dia de agosto, na cidade de Juiz de Fora.
A nuvens me inspiram a buscar a leveza que preciso.

Café na cama

Hora do almoço, na mesa com os colegas de serviço.
O assunto era: Quando já levou ou recebeu café na cama...

Pessoa número 1:
No dia das mães, no dia dos pais e nos aniversários costumamos levar e receber café na cama.

Pessoa número 2: 
No dia das mães, no dia dos pais e nos aniversários fazemos um "café surpresa", não necessariamente na cama, mas sim na mesa mesmo.

Pessoa número 3:
Café na cama? Só quando alguém está quase morrendo e não consegue levantar pra ir até à cozinha.

Risos sem fim.

E você? Leva e recebe café na cama? 

Abraço.
AnaVi 

Baixar livros grátis

Eu não tinha o costume de ler no celular ou computador.
Sempre gostei mesmo do livro impresso, de passar as páginas de papel.

Quando vou ao banco, correios, consultas e sei que encontrarei filas, programo-me para levar alguma coisa pra ler. Às vezes esqueço o texto ou o livro que planejei levar.

Comecei a salvar textos no whatsapp ou dar um "print" em textos que tinha vontade de ler mas não tinha o tempo necessário. E li esses textos nas filas.

Dia desses conheci um site com um presente pra mim e pra você. Daí baixei alguns livros pra eu ler nas horas que não tiver nada pra fazer e tiver vontade de ler. (Pq tem hora que a gente está em filas ou não tem nada pra fazer e prefere ficar sem fazer nada mesmo). 

Gente. São livros fáceis de baixar. São livros de autores super admirados. São livros que eu queria ter aqui em casa... e agora tenho no celular.

Quando você clicar no link para baixar poderá escolher entre 3 formatos. Eu escolhi o PDF, pois sei que é tranquilo para abrir nos celulares Android, IOS e Computadores... (se tiver o acrobat instalado, mas sempre tem). 

Segue alguns que eu baixei e quero muito ler:





Talvez vocês já conheçam outros sites de baixar livros. Mas deixo aqui essa sugestão porque não tem mistério nenhum.

Fale comigo se tem o hábito de ler livros impressos, ou livros digitais...

Se tiver alguma dúvida pra baixar e quiser que eu encaminhe algum desses por email, pode falar comigo que faço isso: filhadejose@gmail.com

Abraço. 

Jornada Mundial da Juventude 2016


Há exatamente 1 mês começava nossa peregrinação para JMJ 2016, em Cracóvia, na Polônia.
Foram 60 peregrinos da cidade de Juiz de Fora.
Eu estava entre eles.


Acho que o tempo faz a gente acreditar em tudo o que fizemos e vivemos durante os 16 dias de viagem.
Foram muitas viagens e muitas informações num período curto.
Foi maravilhoso.


Peregrinos de Juiz de Fora-MG / Brasil - Aeroporto Galeão - 18 de julho de 2016 


Estou me organizando pra postar o diário da viagem aqui, conforme prometi para amigos e familiares.

Posso dizer que... Roupas de frio conforme vemos nas fotos, só usamos aqui no Brasil.
O verão europeu é realmente muito, muito, muito quente. 

Até breve! 

Jornada Mundial da Juventude - Preparativos

Estou aqui me preparando para a Jornada Mundial da Juventude, em Cracóvia e relembrando dos dias vividos no Rio de Janeiro, em 2013.

A JMJ no Rio de Janeiro
Contato com os peregrinos



Somos 60 peregrinos de Juiz de Fora para participar da JMJ 2016, em Cracóvia na Polônia.




Um costume durante as Jornadas são as "trocas" com os peregrinos de outros países.
Trocamos bandeiras, camisas e pequenas lembrancinhas.
Estou fazendo algumas pequenas lembrancinhas para trocar com os peregrinos que eu encontrar.


Em agosto trago notícias da JMJ Cracóvia 2016.

Paz pra nós!
AnaVi

Uma experiência com o Dragon Dreaming

Dragon Dreaming é um sistema integrado e um método completo para a realização de projetos criativos, colaborativos e sustentáveis.

A consciência dos desafios globais da sociedade e o sonho de um mundo de paz são o que nos move. Aqui o crescimento pessoal de cada indivíduo, a educação da comunidade e a responsabilidade ativa para com a nossa terra são os valores centrais.

O Dragon Dreaming é para sonhadores e pragmáticos, para os guerreiros e esperançosos, para os otimistas e idealistas, filósofos e amantes da natureza. Para os buscadores espirituais que sonham em criar a consciência de conexão com toda a vida, que querem viver em cooperação e na responsabilidade por uma transformação saudável e pacífica.

Para conhecer mais clique aqui, assista este vídeo.





Fotos de Manifesta

Sobre os dias ensolarados

Num dia ensolarado
Dentro do ônibus lotado
Um tarado
Que nela teria encostado


Um ar nojento no olhar
Ali ela não queria ficar
Não sabia o que falar
Pôs se a calar


É assim noite e dia
Em meio a nossa correria
Eles têm a autoria
De muita covardia


Aqui um pouco de rima
Para narrar este clima
Que fere a auto estima
Das mulheres hiroshima

(Minhas rimas pobres / AnaVi / 2016)

Ela

Há um desejo que ela seja correspondida.
A paixão.

Inspiração


Bíblia
Lápis de cor 
Aquarela



Não sei como é o seu contato com a Bíblia.
Não sei se costuma ler, riscar, fazer marcações.


Eu faço isso. 
A Palavra que os cristãos têm como regra para a vida é o meu livro de cabeceira.
É nela que busco paz, soluções.



Encontrei inspirações belíssimas de pessoas que gostam de marcar as páginas de sua Bília de um jeito super artístico.


Deu até vontade de arriscar algo do tipo, mas meus dons não são tantos assim... 

rsrs


Vejam: 
































Encontrei essas imagens no Instagram e Pinterest


Abraço.


AnaVi

Demonstrar que ama.

Demonstrar que ama.

Como você faz isso?

Liga e diz que está indo fazer uma visita?
Arruma um horário na agenda para encontrar e tomar um café?
Escreve uma carta?
Faz uma ligação inesperada?
Entrega uma flor?
Faz uma surpresa com sua presença no final do expediente?
Faz a comida que o outro gosta?
Compra um bombom, uma fruta que o outro gosta?


Nessa correria em que vivemos é comum usarmos a frase "eu não tenho tempo" para ser PRESENTE na vida daquelas pessoas que nós amamos.


Quão importante é a presença, o sorriso, a alegria, os diálogos e também a tristeza e a dor, quando vividas com alguém ao nosso lado, segurando nossa mão.


E a nossa vida acelerada muitas vezes nos priva de viver momentos simples e intensos com quem amamos.





A Mirys do blog Uma Bagunça Deliciosa, há alguns anos, no mês de maio, tem uma bela iniciativa de lembrar de Gastar tempo com quem ama.

Preciso dizer que Mirys é um exemplo de superação e resilência pra mim. Conheci a história da vida dela em um momento que eu também vivia um luto e uma angústia imensa.
Quando via uma nova postagem no blog dela eu sentava para ler e, na frente da tela do computador chorava pela dor dela, pela dor das crianças, pela minha dor.
Escrevia pra ela dizendo o que meu coração sentia naquele momento.

E assim o tempo foi passando, já faz 5 anos que estou neste blog, que falo da saudade que tenho do José, que fiquei mais sensível para escutar a dor daqueles que também choram por saudade.

A proposta de Mirys, que pode ser realizada por todos nós, é que o dia 31 de maio seja o "dia da família", dia de gastar tempo com quem a gente ama.
Penso que pode ser família, amigos, namorados...
Penso também que pode ser qualquer dia do mês de maio quando sabemos que no dia 31 de maio não conseguiremos.
Na verdade, pode ser qualquer dia do ano. Mas quando temos um propósito, uma meta de fazer uma coisa em uma data, temos mais possibilidade de cumprir com o compromisso.

Nos encontramos por aí, no Instragram, no Blog... com a hastag #gastetempocomquemvoceama

Aproveito para dizer que o tema da troca de cartas do Cartas Hoje desse mês também é esse:
Como você gasta tempo com quem você ama?

Gosta de escrever cartas e quer se corresponder com gente do Brasil inteiro e de fora do país?






Bailarinas



Brown Meninas Do Ballet é uma organização dedicada a promover a diversidade do ballet através de  recursos de treinamento, e uma rede exclusiva no mundo do ballet.

A missão é ajudar a aumentar a participação de populações minoritárias sub-representados em programas de ballet.

Em 2013 a fotógrafa  Takiyah Wallace participou de uma pesquisa  à procura de escolas de ballet que pudesse acolher meninas de quaisquer descendência.

Para sua surpresa, descobriu a falta de diversidade cultural nas escolas de ballet locais. Como qualquer mãe, ela ficou preocupada de como sua filha iria se sentir em uma classe onde ninguém se parecia com ela.

Junto com  Brittani Marie desenvolveram um projeto fotográfico objetivando redefinir uma forma de arte refletindo o que a América é hoje: maravilhosamente diversificada. 













Cartas Hoje - Troca de Cartas

Os dias são corridos.
Falta tempo pra muita coisa.

Mas, uma coisa que tem feito bem é enviar e receber cartas.

Participo do Projeto Cartas Hoje e também troco cartas com pessoas que não participam especificamente desse projeto.

E... que legal tem sido isso.

Histórias e pessoas muito interessantes.
Conhecemos outras culturas, aprendemos com história da vida dos correspondentes...
São pessoas de várias partes do Brasil e também do exterior.


Outras blogueiras estão por lá também.
Ana Paula
Flávia
Diana
Mirys
Liane

Um abraço pra você.
E, se gostar de trocar cartas também, participe!

MC Donalds.

Não é propaganda.
Só experiência.

Naqueles papéis que ficam nas bandejas do MC Donalds às vezes tem umas promoções.

Se você acessar e responder algumas perguntas sobre o atendimento, você ganha alguma coisa na próxima visita àquela loja.

Como eu gosto de ganhar as coisas, dessa vez eu guardei o cupom fiscal para fazer o que pediam e ver o que eu ganharia.

1 - Pedem para acessar o site http://www.mcexperiencia.com.br/

2 - Pedem para ter em mãos o cupom fiscal da última compra lá.

3 - Fazem muitas perguntas... muitas mesmo...



4 - Oferecem uma oferta em sua próxima visita ao MC Donalds.

5 - A oferta é essa: Na compra de um lanche, ganhe outro.




*** Pelo interesse do cliente em entrar no site, responder trocentas perguntas, preencher os campos com os dados da nota fiscal, eu acho que deveriam, pelo menos, dar um lanche sem precisarmos de comprar.

*** Enfim... assim são os jogos de marketing, os jogos comerciais.



Saudade.

Os dias de saudade são dias comuns.

Cumprimos a rotina,
o ônibus cheio,
o cotidiano do serviço,
o sorriso com aqueles que encontramos,
as refeições,
 as obrigações.

Mas tem uma hora que a gente encontra um silêncio e, com o coração contrito, nossa voz diz a nós mesmos:

Seria tão bom se você estivesse aqui
Samuel...
José...

Whatsapp e relacionamentos

Só eu que acho que os relacionamentos mudaram após a chegada do aplicativo Whatsapp?

Mesmo que você não use talvez já tenha escutado falar nos problemas que a utilização desse aplicativo causaram nos relacionamentos (amizade. namoro. casamento. pegação).

O amigo visualizou e não respondeu.

O amigo saiu do grupo e deixou o administrador triste.

Uma mensagem da ex no celular do namorado.

Vídeos e imagens pornográficas no celular do namorado.

Visualizou a mensagem no grupo e não respondeu.

...

Ah. Mais uma coisa. Muito importante também. 

Quando começar a namorar entrem num acordo se os dois gostam de enviar e receber mensagens em texto e áudio. Isso pode causar sérias discussões quando, por exemplo, uma das partes não ter tempo para ficar digitando mensagens e por isso prefere gravar e, a outra parte, não gosta de escutar áudios.


Bolinho de chuva - Receita



Quando chego na cozinha para arriscar fazer alguma coisa até que fica bom.
Da primeira vez fiz uma receita. Todos comeram. Todos gostaram.
Da segunda vez recomendaram-me dobrar a receita. Não deu tão certo como a primeira vez. Mas ficou bom também.

Segue a receita para 15 bolinhos:

1 ovo
4 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de amido de milho
1/2  xícara (chá) de leite
1/2 colher (chá) de fermento

Óleo para fritar
Açúcar refinado e canela em pó para polvilhar







Abençoada semana pra você! 





Férias Amazônia

Começando 2016 aqui no blog lembrando de ótimos momentos de 2015.

Pela segunda vez consegui me organizar e passar uns dias das minhas férias no norte do Brasil. Estado do Pará.

Dias maravilhosos!

Visitei a capital Belém alguns pontos turísticos desta cidade.
Também... Juruti, Óbidos e Santarém.



Com a irmã gêmea Juliana. 
Minha irmã diz que, se fôssemos irmãs, não parecíamos tanto!




Cidade de Óbidos




Fotografando o pôr do Sol no Rio Amazonas.
E essa era a atividade que eu mais gostava.




Chegando no porto da cidade de Óbidos.



Belém. Ver o Peso.
Experimentando o popular "Peixe com açaí".
Aqui em Minas e na região sudeste nós comemos o açaí gelado e doce.
Lá o açaí é um prato que completa o almoço.
Diferenças culturais que amo!

//Mas prefiro açaí com morango e leite ninho mesmo. //




Amigos de JF  e também os que conheci na Jornada Mundial da Juventude em 2013.
Nos reencontramos na casa deles, em Belém.



Cartão Postal. Belém.





Com o grupo dos jovens que também foram fazer missão na Amazônia.





Em algum lugar da Amazônia. 





Manhã de reflexão com a presença do cardeal Dom Cláudio Humes.




Nossas visitas durante as missões na Amazônia.
Um dos momentos mais ricos da minha vida.
Aprendemos com o outro, com a cultura do outro, com a vida do outro.








Começamos 2016 com a esperança de que seja um ano de bênçãos para cada um de nós.






<< >>