Maturidade.

A moça estava solteira há algum tempo.

O passar dos dias apresentou para ela dois rapazes:

Um deles parecia que só fazia  as coisas para lhe agradar.
Ela já sabe que no início sempre é assim e depois acaba passando raiva.


O outro era ríspido. Não fazia esforço nenhum para lhe agradar.
Desse ela queria ao menos um agradinho.


O que essa moça quer então?


8 comentários:

Pattr!cia disse...

Oi Ana. Obrigada pelos comentários lá no Pitacos de Pá.

O que essa moça quer eu não sei. Só sei que se ela descobrir o que ela quer você conta?
Acho que a maioria de nós mulheres já passamos por esse problema e muitas ainda continuam sem saber o que querer.

Bêjo

lindo seu layout... Adoro essa cor lavanda! (lavanda pois outro dia falei roxinho para minha sobrinha de 9 anos e ela quase surtou ao saber que a tia não é muito adepta a palheta de cores rs)

Pattr!cia disse...

Oi Ana. Obrigada pelos comentários lá no Pitacos de Pá.

O que essa moça quer eu não sei. Só sei que se ela descobrir o que ela quer você conta?
Acho que a maioria de nós mulheres já passamos por esse problema e muitas ainda continuam sem saber o que querer.

Bêjo

lindo seu layout... Adoro essa cor lavanda! (lavanda pois outro dia falei roxinho para minha sobrinha de 9 anos e ela quase surtou ao saber que a tia não é muito adepta a palheta de cores rs)

Dani ♡ disse...

heheh, e que tirinha hein.
Pessoas velhas sem maturidade, existem de rolos por ai...
Adoro receber seus e-mails!
mil beijos!!!
=***

Cristiano disse...

Isso me faz lembrar um filme que o homem queria ser repórter mas acabou sendo cronista ai quando ele se tornou repórter ele queria ser cronista.

Nina disse...

Olá, Ana!
Vi o seu comentário no post do sorteio do meu blog. Desde já agradeço a sua participação. :)
Vi que há um novo seguidor, que eu acredito ser você, mas como não está público, logo não tenho como confirmar. Por favor, se possível, curta publicamente para que eu possa validar a sua participação.

Abraços,
Nina

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Olá, Retribuindo a agradável visita e torcendo que volte sempre. Obrigado! Bem... não sei se daria para responder às questões, acho que já fazem parte do inconstante de ser da mulher. Eu acho que no fundo ela quer um pouco de cada. Não um cara pegajoso, mas atento quando ela precisa, carinhoso, e a impeça de ser uma livre mulher com todas as suas inconstâncias. Difícil rs rs. beijos.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá
Obrigado pela visita e pelo comentário. Adorei.
Bjux

Bruno disse...

Olá Ana
Fiquei emocionado com o carinho que você deixou ao se referir ao meu poema. Tua visita me deixou lisonjeado. Obrigado e volte sempre.
Um fraternal abraço
Bruno

<< >>