Educação Brasileira - Desabafo!!!

Educação





Na educação I : Governantes querem evitar leitura de Guimarães Rosa, Clarice Lispector,  Nelson Rodrigues ou Oswald de Andrade, entre outros. A justificativa é que alguns textos destes autores não são escritos na norma culta da língua e também apresentam conteúdos com  “elevado teor sexual, descrições de atos obscenos, erotismo e referências a incestos”.

Justificativa fraca!!! Os alunos serão mais inteligentes se tiverem contato somente com textos escritos na norma culta? Os alunos são tão puros e inocentes a ponto de ficarem assustados e/ou surpreendidos com o conteúdo dos textos?

Eu que fico assustada e surpreendida quando escuto certos conversas que envolve sexualidade, erotismo e violência entre crianças e adolescentes.

Sobre esse projeto do Deputado Bruno Siqueira, clique aqui 


Na educação II : Professores são proibidos de merendar nas escolas. A "alimentação escolar é destinada exclusivamente aos estudantes, sendo proibido o consumo por professores e quaisquer outros funcionários." **Algumas leis eles cumprem, outras não**
Indignação? Que nada! O valor da merenda escolar custa ao governo R$ 0,30 por dia, por aluno. Se o professor também merendar o governo terá muito prejuízo. Notícia aqui!


A realidade:

Enquanto  o governo se preocupa com a qualidade da educação brasileira o povo se encanta com a programação educativa no domingo a noite... uma mulher bonita ficando careca... 

#Desabafo



4 comentários:

Rebeca Brito disse...

Ótimas colocações Ana.
Não tem como não se indignar com esse descaso todo com a educação e ao mesmo tempo o povo dando atenção a futilidade.

Beijos!

Tina disse...

Eu tb fico chocada, e penso: ainda bem que me choco, é sinal que não aderi a insanidade.
Esse e outros absurdos vão resultar em crianças e adolescentes sem valores, sem conteúdo, sem senso crítico ou com senso crítico distorcido. Lamentável.

Vejo educadores e pais rejeitando os clássicos da literatura infantil ou modificando-os aqui e elai por terem conteúdos impróprios.
Impróprio é esse caminho que a educação e as famílias estão tomando.

Façamos nosso papel de formiguinha Virginia, entre quem está próximo a nós e em post´s, comentários, projetos se houver oportunidade...Não podemos é nos deixar convencer.

Anyktthrine disse...

Vc tem razão Ana! Assuntos como erotismo e sexualidade fingem ser tópicos de fácil diálogo e aberto ao público, enquanto na verdade isso ainda é um Tabu no país! Ainda vai demorar para mudar a mentalidade do brasileiro...
beijos ótima quarta!!

Sora Seishin disse...

Oi Ana!
Gente, que absurdo!
Sobre o item 1, a justificativa é absurda. Os alunos são expostos a tanta sexualidade na tv aberta, e vão proibir os livros?!
E o item 2, ridículo né? Professor não pode comer, então...
É de ficar indignada mesmo!

Beijos,
Sora - Meu Jardim de Livros

<< >>